sábado, janeiro 28, 2012

Resenha de A Batalha do Labirinto - Rick Riordan

Título: The Battle of the Labyrinth
Série: Percy Jackson e os Olimpanos
Volume: 4
Autor (a): Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 367


Galera, muito bom. Riordan está de parabéns (mais uma vez)! Depois de O Mar de Monstros, este é o melhor. O livro segue no mesmo rumo dos outros três primeiros. Os personagens continuam ótimos - até mesmo Annabeth, que na minha opinião, é apaixonada por Percy. Mas isso não vem ao caso. O titã Cronos está bolando mais um plano para destruir o Olimpo, e mais uma ver, Percy, Annabeth, Grover e Tyson terão de ajudar os deuses. Vou contar um pouco: 
Descerás na escuridão do labirinto infinito, O morto, o traidor e o perdido reerguidos. Ascenderás ou cairás pelas mãos do rei espectral, Da criança de Atena, a defesa final. A destruição virá quando o último suspiro do herói acontecer... 
A profecia desse ano descrevia o futuro de Percy e seus amigos, que nem imaginavam que tal "obra" ainda existia: O Labirinto de Dédalo.
Percy foi "atraído" mais uma vez ao Acampamento Meio-Sangue, onde se sentia mais em casa do que em qualquer lugar no mundo. Lugar onde um certo dia, num teste de sobrevivência de seu novo instrutor de esgrima que se chama Quintus, Percy e Annabeth descobrem uma coisa na floresta do acampamento. Uma coisa muito antiga. Um labirinto.
Então, Quíron decide que esta era a oportunidade de Grover, que passara a vida inteira atrás do deus selvagem, Pã. Acreditavam que Pã poderia estar no labirinto ou no Mundo Inferior. Mas um outro fato os atrai para a obra de Dédalo: um sonho de Percy que mostrava Luke comandando o exército do titã Cronos para usar o labirinto e invadir o acampamento, levando a destruição até Olimpo. Mas ele precisava de um objeto: O fio de Ariadne, que acreditava estar com Dédalo, no coração do labirinto.
Agora Percy tinha uma missão: chegar até Dédalo antes de Luke e o convencer a não ajudar o soldado de Cronos a se guiar pelo labirinto e ajudar Grover a encontrar sua maior busca: o deus Pã.
Acreditem, o livro vai surpreender vocês do início ao fim. Descobrirão muita coisa sobre os primeiros volumes e sobre quem seria o tal Quintus. Uma boa leitura!

1 comentários:

Srta Veríssimo disse...

Como eu amo esse livro! É o melhor da série, ele é muito bonito!!
Adorei sua resenha, Matheus ;)
Beijos, Ana - Chiado Carioca

Postar um comentário