quinta-feira, dezembro 15, 2011

Resenha de Cidade de Vidro - Cassandra Clare

Título: City of Glass 
Série: Os Instrumentos Mortais
Volume: 3
Autor (a):  Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 474


Olá loucos por livros! Peço desculpas por todo esse tempo ausente, pois tive muitos problemas e ocupações. Mas prometo que não vou mais deixá-los com saudades - se é que tiveram.
Bom, para voltar à ativa, trago a resenha de um dos melhores livros que já li. Seu nome é Cidade de Vidro, da série Os Instrumentos Mortais, de Cassandra Clare.
O livro é muito bom. Tem uma ótima narrativa e na minha opinião, é o melhor da série.
Os personagens continuam a mesma coisa - Clary sempre aquela menininha que vai descobrindo um pouco mais sobre sua vida a cada dia que passa. Jace com aquele ar de garoto charmoso e Simon com seu humor irreconhecível. Vou contar um pouco dele:
Para salvar sua mãe, Clary terá que ir até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras. Mas uma coisa a incomoda - o fato de Jace não querer que ela vá junto.
Mas Clary precisa ir, Jace querendo ou não, e consegue com determinação chegar até a cidade.
Chegando lá, Clary conhece mais sobre seu passado e o passado de sua mãe e Jace - revelações que até você se espantará, acredite.
Clary precisa encontrar um mago, cujo uma antiga amiga da mãe dissera que poderia trazer Jocelyn de volta à vida, se é que estava morta. Para isso, conta com a ajuda de um garoto (quase irresistível) - Sebastian.
A Clave está reunida, pois sabem que Valentim, mais forte do que nunca, está preparando seu exército para exterminar os Caçadores de Sombras e conseguir todos os Instrumentos Mortais.
Simon, meio sem querer, é arrastado para a cidade e lá é interrogado e torturado, pois os conselheiros da Clave o investigam pelo fato de ele ser um vampiro que pode suportar a luz do sol. Na prisão onde fica, ele encontra um personagem meio, como posso dizer, antigo.
O único modo de combater o exército de monstros de Valentim, seria unir Caçadores de Sombras e criaturas do Submundo - uma coisa que nem todos concordariam.
À medida que o tempo passa, novas revelações são feitas sobre Clary e pessoas que nem mesmo você imagina. Acredite, fiquei pasmo quando li o livro! 
Valentim deseja realizar um ritual com o último Instrumento Mortal que falta - O Espelho - para poder ter contato com aquele que seria o Deus dos Nephilim. Agora cabe aos Caçadores de Sombras e criaturas do Submundo deter o exército de Valentim e trazer a paz para a terra natal dos Nephilim.
Acredite, você vai amar este livro!

3 comentários:

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela resenha Matheus! Muito em breve pretendo ler Os Instrumentos Mortais. Abraços!

Marcelle Dantas disse...

Olá Matheus!!

Confesso que não li a resenha toda, só o comecinho, pois ainda vou ler Cidade de Vidro e fiquei com medo de ler demais... rs Isso aconteceu comigo em cidade dos Ossos e a leitura não foi tão boa como deveria ser... Todos, como você, estão falando super bem deste volume, como ele é o melhor dos três. Espero lê-lo em breve!

Beijinhos!

Marcelle
bestherapy.blogspot.com

Rafaela Ventura disse...

Bem.. acabei não lendo a resenha td.. rsrs mas só pq eu aina não li o livro... até agora so li Cidade dos Ossos.. me apaixonei.. qro mto ler os outros livros!!!

Adorei o blog.. mto bacana viu! ^^

Fal Ventura
http://asweetpimenta.blogspot.com

Postar um comentário